Search

Priscilla Tejota faz balanço de 2019 da Comissão de Saúde e Assistência Social

A presidente da CSAS falou dos trabalhos durante o primeiro ano frente à comissão


O ano de 2019 da Comissão de Saúde e Assistência Social (CSAS) foi considerado positivo pela presidente, a vereadora Priscilla Tejota (PSD). A parlamentar destacou as atividades realizadas pela comissão temática como reuniões, visitas técnicas e diligências.


“A Comissão de Saúde e Assistência Social, em 2019, desempenhou funções administrativas importantíssimas para a sociedade. Além das suas atividades básicas, destacamos o serviços de ouvidoria, fiscalização, recebimento de denúncias de órgãos especializados como Cremego e Crogo e, sobretudo, destacamos a aproximação institucional entre a Comissão e os Conselhos Municipais de Saúde e Assistência Social”, salientou a vereadora.


Priscilla Tejota revelou que articulou junto ao senador Jorge Kajuru (Cidadania), verba do Fundo Nacional de Saúde destinada ao município de Goiânia, no valor de R$ 1,5 milhão para a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas na região Noroeste.


Sobre a saúde pública na capital, Tejota manifestou preocupação em encerrar mais um ano com as unidades de saúde sucateadas, além das obras não concluídas, como a do Cais Jardim América, fechado há mais de 2 anos para ser transformado em UPA e ainda não foi entregue. “Nós entendemos que Goiânia tem a necessidade de acompanhar o número de UPAs da Região Metropolitana, mas isso não pode ser feito com essa morosidade, prejudicando tanto a população com a desativação dessas unidades. Ainda não tivemos entregue a Maternidade Oeste”, assinalou a parlamentar ao pontuar outras falhar na gestão da saúde do município. “O número de pediatras ainda não atende as necessidades de Goiânia, a centralização da emergência da pediatria ainda no Cais de Campinas. Sabemos que a saúde pública na capital é uma das principais demandas do goianiense e vamos continuar cobrando melhorias nessa área”, completou.


Trabalhos

Em 2019, a Comissão de Saúde e Assistência Social, realizou 6 reuniões ordinárias, teve 19 projetos de lei apreciados. A Ouvidoria da Comissão de Saúde e Assistência Social, recebeu do Conselho Regional de Medicina (CREMEGO), 8 processos de fiscalização, realizados em unidades de saúde do Município de Goiânia, em que foram averiguados o funcionamento dos estabelecimentos, a situação dos instrumentos de trabalho e os aparelhos utilizados, bem como, o cumprimento dos plantões, escalas e as condições de trabalho dos profissionais que atuam nestas unidades.


Priscilla Tejota afirmou que a nova postura adotada pela Comissão de Saúde e Assistência Social tem ganhado espaço e confiança da população e funcionários públicos que atuam na área da saúde. “Diariamente recebemos informações sobre demora nos atendimentos, superlotação nas unidades entre outras queixas. Essas denúncias são recebidas pessoalmente ou pelo email da Comissão. Além disso, órgãos locais também estão utilizando a Comissão para registrarem denúncias, a exemplo do Conselho Local de Saúde do Caps Esperança, que trouxe informações sobre descumprimento do quadro de escala dos profissionais aquela unidade", informou a vereadora.


Blitz

Saúde, foram realizadas diligências para verificar as condições das seguintes unidades: Casa de Eurípedes, Centro de Referência em Diagnostico e Terapêutica (CRDT), Residencial Professor Niso Prego, abrigo temporários para menores em situação de abandono, Centro de Atenção Psicossocial – Caps Esperança, Cais do Jardim Guanabara e Campinas. “Em visita ao Centro de Atenção Pscicossocial (Caps) Esperança [unidade de saúde do município responsável por oferecer atendimento à pacientes com transtornos mentais] encontramos problemas como falta de medicamentos, falta de alimentos básicos para os pacientes em tratamento, falta de higiene e de manutenção nas instalações da unidade”, revelou Priscilla.


“Acredito que para resolvermos os problemas atuais é de extrema importância que as instituições trabalhem unidas, em prol do cidadão. Desta forma, a marca predominante na minha gestão é o dialogo e, por meio dele, conseguimos reunir este ano com o Conselho Municipal de Saúde e Conselho Municipal de Assistência Social. No próximo ano, pretendemos ampliar o relacionamento entre a Comissão de Saúde e Assistência Social e os Conselhos. O momento é adequado para, juntos, fortalecermos os atos de fiscalização”, finalizou a parlamentar.


small-horizontal-white.png

CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA - Gab. 15                                     Vereadora Priscilla Tejota                                        priscillatejota@camaragyn.gov.br                    (62) 3524-4305