Buscar

Saúde é para todos

A saúde ganhou importância estratégica inédita com a pandemia da Covid-19, que encurralou a economia e obriga a população de todo o mundo a mudar a rotina há sete meses.

Como presidente da Comissão da Saúde e Assistência Social da Câmara Municipal de Goiânia, tenho buscado de maneira diligente, ações que colaborem no enfrentamento do coronavírus, que possam amenizar os impactos da doença no município de Goiânia.

Além de fiscalizar as medidas do Poder Executivo, nossas ações são voltadas para apoiar a população e contribuir com a administração municipal. Nos esforçamos, desde o início, para aprovar matérias relacionadas à pandemia, e discutir propostas que possam ajudar nossa cidade a sair desta crise o mais rápido possível.

A primeira preocupação foi aprovar o decreto de calamidade pública. Ele permitiu à gestão municipal contratar servidores temporários para a Saúde e evitar que o agravamento do déficit no quadro de pessoal, comprometesse a prestação de serviços à população. O decreto, com vigência até 31 de dezembro deste ano, também autorizou o remanejamento do dinheiro público para a área da saúde.

Uma de minhas prioridades iniciais foi com os moradores de rua da capital. Cobrei da Prefeitura de Goiânia ações de proteção e acolhimento às pessoas em situação de rua.

Em parceria com o vereador Lucas Kitão (PSL) e as vereadoras Tatiana Lemos (PCdoB) e Sabrina Garcêz (PSD), apresentei o Projeto de Lei Nº 64/2020 que altera a Lei 10.360, de 19/06/19, autorizando a Prefeitura a remanejar até 50% do valor do empréstimo com a Caixa Econômica Federal destinado a investimentos em obras, para utilizar o recurso na saúde pública e no enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Outra proposta nossa pede a instalação de lavatórios públicos em áreas de grande circulação como terminais de ônibus, centros comerciais, feiras livres, praças e parques da capital, pois sabemos que o simples ato de lavar as mãos com água e sabão é arma poderosa contra o coronavírus e outros tantos vírus igualmente nocivos.  Nosso objetivo é reduzir o perigo de transmissão comunitária nos locais onde existem maior fluxo de pessoas.

Defendo enfaticamente o pagamento de indenização para os profissionais da saúde infectados pelo coronavírus que tenham ficado com sequelas, invalidez permanente ou incapacitados para o trabalho.

Além disso, desde o início da pandemia, uma das grandes preocupações foi com os profissionais da saúde. São pessoas sobrecarregadas, que lidam diariamente com a tensão do vírus. E em Goiânia, a Covid-19 tem vitimado centenas desses trabalhadores, deixando sequelas e famílias desamparadas.

A indenização é o mínimo a ser feito pelos que arriscam suas próprias vidas para cuidar da população. Eu sou testemunha ocular da dedicação das equipes de saúde, já que tive que ser internada devido à Covid-19 e estou me recuperando de uma pneumonia remanescente.

O enfrentamento do coronavírus tem colocado em risco a vida dos profissionais de saúde do município de Goiânia, expondo um grave descaso da administração pública. De forma vergonhosa, a prefeitura está́ deixando enfermeiros, motoristas de ambulância, maqueiros, guardas civis metropolitanos e servidores administrativos em estado emocional precário, sem nenhuma resposta se estão contaminados ou não, além do fornecimento irregular de EPIs.

Acionamos o Ministério Público de Goiás (MP-GO), requisitando ao órgão o acompanhamento das ações de testagem dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.

São diárias, por outro lado, as denúncias de falta de medicamentos no Ambulatório Municipal de Psiquiatria do Jardim América para pacientes em tratamento de depressão e outros transtornos; falta de fórmula infantil e suplemento alimentar para crianças em tratamento de quimioterapia; além da queixa de longa espera na liberação de exames de rotina para pacientes soropositivos.

Mesmo com o distanciamento social, tenho exercido minha função como agente público, ainda mais neste momento tão delicado e desafiador que estamos vivendo, mantendo sempre os canais de comunicação abertos e nosso mandato a serviço da população.

A Saúde é hoje, mais do que nunca, uma das principais demandas de nossa gente. Tenho feito a defesa intransigente do direito de acesso à saúde para o cidadão e da necessária proteção aos seus profissionais.

Elevar a qualidade dos serviços de saúde prestados à população significa cuidar e salvar vidas. E vidas não esperam pela burocracia e muito menos merecem o impacto da má gestão corroendo seu bem mais precioso. Por isso, sonho e batalho de forma ferrenha por uma saúde de qualidade, para todos em Goiânia.


Priscila Tejota é vereadora de Goiânia pelo PSD.



small-horizontal-white.png

CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA - Gab. 15                                     Vereadora Priscilla Tejota                                        priscillatejota@camaragyn.gov.br                    (62) 3524-4305